segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Brincadeira de criança...

Quando o inventor do iô-iô lançou esse brinquedinho, acho que ele jamais pensou que isso seria uma referência em relacionamento. Eu confesso que nunca achei graça no brinquedinho...um disco que vai e volta se você fizer força para cima ou para baixo. Acho que algumas pessoas concordaram comigo e inventaram manobras radicais no vai-e-vem do iô-iô.
Hoje eu me pego pensando se a pessoa que inventou o brinquedo sabe que os relacionamentos estão bem parecidos com a engenhoca. Nós estamos em uma relação entre duas pessoas que fazem força para ir e voltar. Explico: uma pessoa próxima a mim (não, não é Mr. Right) tem apenas 18 anos e já tem um iô-iô de relacionamento para chamar de seu. Me pergunto se aos 18 anos não é cedo demais para nos metermos nessa encrenca.

Enfim... M conheceu G como toda garota, na escola. Ficaram amigos e uma coisa leva a outra. Namoraram. Um ano e pouco. Aquela entrega adolescente de “o mundo só existe se eu estiver ao lado de fulano”. Perdeu festas em família. Perdeu, com certeza, festas de amigos que eram só dela. Ele perdeu festas de amigos que eram só dele. Mas isso não era importante. O importante é que tinham um ao outro. O tempo passou e veio a primeira crise. Resultado? Término,claro. Veio a depressãozinha,claro. Depois a retomada de contato. E aí entra o iô-iô. Entre o término e a volta houve conversas, ensaios de aproximação até que – enfim – a volta.

Daí vocês me perguntam se este casal desistiu de brincar de iô-iô. Respondo: desistiram. Depois de poucos dias menos de um mês do aniversário de volta do namoro, eles resolveram parar de brincar de iô-iô e seguiu cada um para o seu lado. Disseram que o objetivo que tinham num relacionamento era diferente. Conversa de gente grande.

Agora estão assim...cada um para o seu lado. Esperando chegar uma nova parte da engenhoca e começar a brincar novamente no iô-iô da relação. Espero que com manobras radicais e final feliz. M merece!

3 comentários:

Flavia disse...

São coisas que acontecem quando nao somos novos... Nao vou dizer que passei por isso... Pois quando termino meus relacionamentos são valer, ate pq acho que fica mto desgastante para ambos... Mas quando passei, fiquei mto mau... Enato vai ai meu conselho... SE PERCEBER QUE NAO DA MAIS, TERMINA DE VEZ E VA CURTIR... (msm gostando é bom ficar distante, acho que nao adianta ficar numa relação que nao da certo)... Bjossssss

M. disse...

Pois é, brincar de iô-iô cansa mesmo
Só esquece de falar que agora M quer curtir a vida com B,T,P.. e por ai vai hahha

Anônimo disse...

estou cansada de ver essa brincadeir do iô-iô.
bjo rafa