quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Abrindo a gaiola das loucas




Caaaalma!! Eu não sou homofóbica. Não me julguem pelo título do post. Mas, na verdade, qual gay não ama esse filme?? Todos os que eu conheço,pelo menos. Já que esse blog fala sobre a eterna busca do amor e bla bla bla (perceberam que ando revoltada com o amor,né?), nada mais justo do que falar do amor homossexual.

Eu tenho vários amigos gays. Vários. Lésbicas nem tanto, mas gays sim. Não sei...acho que me dou melhor com gays do que lésbicas. Ah, vai entender,né? Mas, então... eu converso muito com eles, para entender o universo masculino. Não adianta muito...a maioria deles, sentimentalmente, são tão mulheres quanto eu.

Um desses meus amigos (claro que não falarei o nome de nenhum deles) nos disse que era homossexual (ai,detesto essa palavra...) não faz muito tempo. Mas depois que contou...ele faz relatos detalhados de todas as suas conquistas. Hoje eu acho normal e me divirto,mas já foi bem estranho para mim. Imaginar um amigo seu de longos anos dividindo a cama com mais uma pessoa que, PS, é homem. Ele pode ser considerado muito a versão gay da Samantha, de Sex and the City. Imaginem que ele conheceu um rapaz na rua, enquanto resolvia algumas pendências e depois de algum tempo de conversa, foram parar no quarto do hotel que o estranho estava hospedado. Mais Samantha, impossível!

Um outro amigo não revela para todo mundo sua opção sexual. Ainda vive aquele dilema entre o ser e o ter que ser alguma coisa que não se é. Entenderam o que eu quis dizer? Eu imagino que para ele deve ser muito difícil ter que ser na frente dos outros uma pessoa que, na verdade, ele não é. Qual é o problema em gostar de uma pessoa do mesmo sexo? Isso não te dá mais ou menos caráter, nem te faz uma pessoa melhor ou pior. Conheço heteros que não valem o pão que comem e gays que mereciam dominar o mundo. Eu converso bastante com esse amigo e ele diz que não pretende contar quem ele é para a família. O pai não aceitaria, é muito tradicional.

Um outro amigo meu, que conheço há alguns anos, eu nem desconfiava que era gay. Até que ele me contou a história dele num dia que eu estava bem triste. Não vou dividir com vocês tudo o que ele me disse porque, bem, a história não é minha. Aliás, vou pedir a ele se posso contar e, quem sabe, um dia a gente fale sobre isso. Enfim, esse amigo meu, numa tentativa de me fazer ver que a vida é boa e merece ser valorizada, me contou a história da vida dele. Eu tenho o maior carinho e respeito por essa pessoa. Não foi fácil e ele é um vitorioso. O que eu mais admiro nele é que ele não se esconde das pessoas. Ele diz quem ele é, o que ele gosta e que o mundo aceite. É casado com uma pessoa tão maravilhosa quanto ele e me orgulho de fazer parte da vida dos dois. Acho que os dois são a prova de que o amor existe e não tem barreiras que impeçam que duas pessoas fiquem juntas. (Ahn? Quê? Estão pensando na minha história? Abafa...)

Eu recomendo a todas que tenham um amigo gay. Ou vários. Eles são pessoas sinceras. Não são maldosos como as mulheres. Você pode ficar sossegada porque, se estiver usando um vestido ridículo, esses amigos vão olhar para você e vão falar: “Ta ridícula!”. Mulher não. Você coloca o mesmo vestido e pergunta a uma mulher e ela responde: “Tá lindo...onde comprou?”, mesmo que você saiba que está horroroso.

Fora que, vamos combinar, um amigo gay sempre faz a caridade de te chamar de gostosa quando você se sente um trapo. Mas, e daí que ele é gay?? Um homem te chamou de gostosa...e isso é fato!

2 comentários:

Areh disse...

Também adoro meus amigos gays. MARA!!! :)

Flávia disse...

Amigos gay? Nem me fale... Tenho um que amo de paixão, ate me convidou para ser madrinha dele, é madrinha de batismo a tudo. Apesar de um dia querer um lindo afilhado bebe aceitei ele com 37 anos...rs... Ele é tudo pra mim... Inteligentissimo, sempre que posso estou com ele. Mas confesso que nao aguento quando eles entram em "depressão", nao aguento! rs... São otimas pessoas para dar conselhos, mas quando o negocio é com eles, ai ai ai... Dou muitas risadas, pq ate assim eles são engraçadissimos... hahaha... Rick TE AMO!!!!