segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Análise NOVA: 10 regras para encontrar um amor na balada

Minha análise começa de forma meio tradicional demais...não acho que se encontra o amor na balada, salvo raríssimas exceções. Mais raro ainda quando se é mãe de uma criança de dois anos, meu caso. Então acho que a matéria já começou errada – com a pauta. Maaaaaaas, como a mulher de Nova não tem filhos, é solteira e ama balada, resolvi comentar a matéria publicada na seção “Rapidinhas de Nova”, página 178, edição deste mês.

A matéria é composta por apenas dez dicas autoexplicativas (na nova gramática fica tudo junto,né?) sobre como arrumar um namorado na balada. Vou colocar uma por uma e comentar. Lembrando que tudo o que for escrito reflete a minha opinião. Adoraria ouvir a de vocês nos comentários. E vamos às dicas:

1 – Vá a lugares que tenham a ver com o seu estilo. Por uma noite, fingir que gosta de algo pode colar. Mas não dá para acompanhar o gato em raves todos os fins de semana se você pratica ioga na segunda cedo
ANÁLISE COMO AGARRAR UM MARIDO: Concordo. Não adianta você ser um personagem. A máscara cai e aí é pior ainda. Ser autêntica é a melhor dica. Ponto para NOVA!

2 – Desgrude das suas trinta amigas. Grupos grandes de mulheres intimidam. Vá pelo menos ao banheiro sozinha.
ANÁLISE COMO AGARRAR UM MARIDO: Vamos combinar que um grupo de mulheres sempre intimida dos homens. Fato. Mas sempre que fui na balada só com a mulherada, os caras chegavam na gente sem problema nenhum. Acho que isso é relativo...depende do homem e depende da abertura da mulher.

3 – Corte da lista os exagerados: aquele que diz “Nunca vi uma mulher tão linda”, que bebe demais, que fala alto...ele só está preocupado em se exibir.
ANÁLISE COMO AGARRAR UM MARIDO: Discordo de tudo, menos do “que bebe demais”. Ninguém merece homem na balada. Agora, falar alto?? Me diz quem é que fala baixo em uma balada? Se falar, tem problema ou ouvido do Superman. O que elogia demais? Relativo... Mr.Right passou a noite (parte dela,vai) me elogiando, dizendo que eu era a mulher mais linda do bar e do nosso grupo de amigos. E olha, ele presta...!

4 – Saia com outros objetivos além de conhecer bonitões. Assim seu humor não cai se não encontrar nenhum até a metade da noite – e você fica animada até o sol nascer.
ANÁLISE COMO AGARRAR UM MARIDO: Preciso dizer o que acho?? Gente, sair com o único objetivo de achar bonitões é parecer um cachorro faminto procurando osso. Tsc, tsc, tsc...

5 – De cinquenta homens que conhecer, apenas um vai valer a pena. Não tenha medo de fazer test drive.
ANÁLISE COMO AGARRAR UM MARIDO: Espero que esse test drive seja apenas de conversa... ou vocês pensam em beijar os cinquenta na balada???

6 – Nada como expandir os horizontes. A obsessão pelo modelo loiro-alto-e bem-vestido não pode impedir que você veja o moreno-nem tão alto e nem tão bem-vestido mas muito mais interessante.
ANÁLISE COMO AGARRAR UM MARIDO: Concordo em não idealizar um tipo de homem e achar que ele é o perfeito. Mesmo porque você pode cuspir para cima e cair na sua testa. Falo por experiência própria.

7 – Indício de que vale a pena: ele estar sóbrio. Alerta vermelho: chegou com um bando de amigos – faz parte da manada de búfalos à procura da caça.
ANÁLISE COMO AGARRAR UM MARIDO: Aham...e a mulher de NOVA não está caçando também? Ah...me poupe...

8 – Em bares, sente-se no balcão. Nele, o gato vai ter que conversar com você, o que afasta os xavequeiros com frases prontas e atrai os bons partidos cheios de conteúdo.
ANÁLISE COMO AGARRAR UM MARIDO: Não concordo. Nem sempre quem esta no balcão tem conteúdo...pode ser que ele esteja lá porque é o caminho mais rápido para a bebida...

9 – Quando um mau partido dá em cima de você, seu corpo envia sinais de rejeição. Cuidado para que o cara não capte essa mensagem por engano! Se ele estiver por perto, sorria, dance com as mãos soltas.
ANÁLISE COMO AGARRAR UM MARIDO: Não acho que ninguém vá para a balada para avaliar alguém. A não ser que você esteja numa festa cheia de psicólogos...

10 – Se nada disso funcionar na primeira tentativa, não desista. Sair torna a vida de solteira muito mais divertida!
ANÁLISE COMO AGARRAR UM MARIDO: Se funcionar na primeira tentativa, minha amiga, é porque nada acontece por acaso e tinha que ser assim mesmo. Porque só por milagre...

2 comentários:

Flávia disse...

hahaha... Esses tipos de dicas nem sempre levamos a serio um ou outro, mas uma vez com umas amigas, umas cinco, começamos a ler uma revista, nao lembro qual, que abordava o mesmo assunto. E durante cada dica uma contava algo que aconteceu ou experiencias de conhecidas, detalhe isso durou a noite toda. E chegamos a conclusão que todas as dicas acontecem mesmo. Nao estariam na resvista, no caso da que cita a Nova, uma resvista super conceituada, e que combina demais comigo (solteira, sem filhos, trabalharado... adorei quando classificou ela... rsrsr...) se nao fosse real. Nao digo que nao leio esse tipo de assunto, leio, so nao levo tão a serio... rsrs... #dica

Fernanda Gama disse...

sempre ouvi dizer que jamais encontraremos o amor de nossa vida na balada. Eu tô aqui pra desmentir. O amor da minha vida, meu marido e pai da minha princesa de 1 ano e 2 meses conheci sabe onde ?? Love Story. Pior lugar pra encontrar um princípe, impossível ! Começamos a ficar, sempre aos fins de semana e sempre nessa balada. Ele tinha umas outras 4 além de mim. Mas coloquei na minha cabeça que ia lutar por ele até o fim. E deu certo: coloquei todas as minhas rivais pra correr e fiz ele perceber que eu era quem ele procurava. Hoje ouço dele que nascemos um pro outro...O amor é lindoooo...Meninas, olhos abertos na balada, e se ele nao ligar no dia seguinte, ligue vc, corra atrás, porque se não der certo, não será por sua culpa. Homem não gosta de mulher que fica esperando atitudes. Homem gosta de mulheres que lutam e vão atrás quando querem algo. #fikaadika
luadeveu.blogspot.com