sexta-feira, 22 de outubro de 2010

É hoje...

...e já aceitei.

Dizem que as coisas só acabam quando chegam ao final. Não cheguei ao final ainda. Só vai acabar quando todo mundo quiser. E eu ainda não quero. Já disse que a batalha foi perdida, mas não a guerra.

Não vou comentar como estou me sentindo porque, bem, nem eu sei definir isso direito. Então vou usar esse post para dizer que eu adoro cada leitor que entra e se dispõe a entender a história inteira. Obrigada para quem entende a verdade nisso. Obrigada para quem sabe que não sou uma pessoa fácil. Obrigada para quem procura entender o que existe nisso tudo. Obrigada para as minhas amigas que me levantam sempre que estou triste. Obrigada para um amigo especial, que sabe o quanto me faz bem. Obrigada para a minha mãe, que soube de tudo por mim e diz que o que tem que ser, será e não me julga. Obrigada pelo meu pai, que eu sei que lê diariamente meu blog e não diz que eu sou uma filha perdida. Obrigada para minhas amigas virtuais que torcem por mim e não torcem o nariz. Obrigada para todo mundo...de coração.

Acho que esse espaço tomou uma dimensão maior do que eu poderia imaginar. E acho que, mesmo depois dos acontecimentos chatos, eu preciso continuar. Esse blog me dá força...cada pessoa que comenta me dá força. Ou para seguir com tudo isso ou para me fortalecer como pessoa. Ser chamada de FÁCIL e AMORAL por pessoas que sequer sabem a minha história é triste. Mas sou maior do que tudo isso.

Sou uma fênix...sei ressurgir das cinzas.

11 comentários:

nairo disse...

Lendo seu blog desde o início,percebo que sua história é dramática,sim.
Mas foi você mesma quem a buscou.
Quando não queremos sofrimentos,não procuramos por ele.
Em algum momento já se colocou no lugar da tal noiva?Será que o seu ex está sendo sincero contigo?
Já estamos longe da época em que casamentos eram decididos pelos pais.
E para um homem é ainda mais fácil se livrar de algo assim.
Acho que foi enganada,baby.
E quer permanecer assim.
Boa sorte no sofrimento,pois deve ser isso que te aguarda.

Taciana disse...

Bom dia, Tati! Apesar de tudo o que está acontecendo, esse vai ser só mais um dia, que vai passar, a sua história, a sua vida continua... Força e garra, que isso eu sei que você tem!
(Estou com vontade de falar um monte - o que dá na cabeça de uma pessoa de escrever tudo isso aí em cima às 5h30 da manhã para alguém que ela nem conhece? Ok, não vamos julgar como ela fez. As pessoas aprendem...)
Beijos,

taci

Fabricio disse...

Limitada Nani,

Que valores são esses aos quais você se refere? Ah, já sei... Provavelmente os mesmos criados pelos seres humanos - e contaminado pela hipocrisia da igreja católica - que coloca a razão acima do coração, certo? Provavelmente, o mesmo código de ética feito por gente que condena o homossexualismo e dá a bunda na sacristia. Certamente, o mesmo tipo de moral que prefere ver milhares de pessoas morrendo de AIDS por dia do que incentivar o uso da camisinha.

Tenha dó! Você só conhece parte da história da Tati e vem aqui despejar suas opiniões parciais e demagogas! Perco meu dedo mindinho se você nunca fez algo ilegal, amoral ou que engorda! Deixe de ser babaca. Vá procurar outro blog tipo o da Liga das Senhoras Católicas ou algo que o valha e que faça mais sentido na sua vida e deixe-nos, seres feitos de carne, osso, sangue e coração - que não é controlado pela razão - em paz.

Muito obrigado!

Fabricio disse...

E, Tati, sinceramente, comece a moderar esses comentários, querida! Seu ouvido não é pinico. Pense nisso. Bjs!

Anônimo disse...

Palmas Fabricio!!!!! Agora, é muito absurdo entrar no blog de alguém, não se dar ao trabalho de ler desde o começo, e não só acusar os PAIS de uma pessoa, mas também colocar a FILHA de 3 anos no meio é assim...sei lá, não tem palavra né? E essas são as pessoas querendo te dar lição de moral??? Sabe o que é isso? Mulher CORNA. Eu sou casada e fidelidade pra mim é muito importante, mas SABENDO da história por trás de tudo isso, eu SEI que você não deseja a infelicidade do casal: ELES JÁ SÃO INFELIZES!!!! E ela não vê por que não quer e isso a torna cúmplice- divórcios não acontecem porque uma mulher "amoral" quer, quando o casal se ama. Divórcios acontecem por que as pessoas se casam por motivos errados- Natasha é tao culpada quanto qualquer um. Tati- modera esses comentários, você, seus pais e sua filha merecem melhor. E que todas essas merdinhas, frígidas e hipócritas se FODAM!!!!

Claudia disse...

Depois a gente conversa. Apaguei meu comentário. Depois explico.

Isis Coelho disse...

Faço minhas as palavras do Fabrício. Além disso, tem muita mulher por aí que pensa que felicidade plena é estar casada (mesmo que saiba que o marido não a ame e a esteja traindo com outras por aí). E são essas mulheres que vêm apontar o dedo para você Tati, pois morrem de inveja por não NUNCA terem vivido uma história de amor.

Força amiga. Como dizia minha vó, o que não tem remédio, remediado está. E manda essas mulherzinhas de segunda morderem o cotovelo.

Amo vc e estou por aqui sempre! Beijinhos

Fabricio disse...

E seguem os comentáriosde Nani...

É interessante que ela é tão limitada que, apesar de todos os meus argumentos sobre hipocrisia e demagogia não consegue tecer nenhuma resposta mais criativa. Continua com termos como "safadeza" e outros tantos inerentes à sua limitação.

Segue meu conselho: leia um livro, queridinha, de preferência um de auto-ajuda. Juro que será bom para começar a ampliar seus horizontes. Depois, você vai para um de ficção, talvez um romance. Oscar Wilde também faz muito bem porque é bastante polêmico.

Quem sabe um dia você entenda o que estamos dizendo aqui. Porque até agora, você está falando nada com nada e eu estou achando uma tragicomédia esse seu nível de ignorância.

Thanks a lot.

Sara disse...

Tati,
O dia de hoje vai passar, acredite!

Não deseje a infelicidade deles, sei que seria demais desejar a felicidade (rs), mas o universo conspira a nosso favor, só depende do que emitimos e o que emitimos volta!

Acredite que o que tiver que ser será, que o destino se encarrega de trazer e levar, e DEUS em sua infinita sabedoria, sabe de todas as coisa, sabe de todos os encontros e desencontros necessários!...
Acredite em : "Ele viver todo o mundo dele, todo o momento, e quando a hora chegar, ele volta..."
... Independente de vcs ficarem juntos ou não nessa vida, acredite que "O amor de vcs, está acima das coisas desse mundo!"

Força pequena garota, grande mulher!!!

Bom, quanto aos posts desnecessários, no coments, não vou dar ibope, mas acho ótimo que vc não permita coment's anonimos.

beijos

disse...

Credo, isso aqui tá virando um ringue! Nunca vi u, blog assim!!!

bj

Flávia disse...

Nao a do que... rsrsrs...