segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Espero....esperar....esperança...tempo

Tenho uma lista de posts interessantes para colocar aqui, mas resolvi "furar a fila" e falar sobre tempo, apesar de já ter falado anteriormente.

Explico: depois do encontro de quinta com Mr.Right e quase 20 e-mails trocados na sexta, não cheguei - como sempre - à conclusão nenhuma. Nem vou chegar. Nem agora e nem amanhã.
No sábado eu tive reunião no centro e resolvi "testar" aquilo que sempre me falam quando vou lá. Mudei de pessoa que me atende. Resolvi escutar uma segunda opinião. De verdade? Eu esperava que alguém me falasse que não nos encontraremos mais, que a história já passou e agora é seguir em frente. Acho que assim seria muito mais fácil seguir com a vida.
Mas não foi o que aconteceu...a pessoa com quem conversei disse, com essas palavras, que a nossa roda da vida está predestinada a se reencontrar e que temos uma história muito linda para ser vivida. E completou dizendo que deveria ser ruim ouvir isso sabendo que,por ora, não tem o que ser feito.

Fiquei pensando nisso quando cheguei em casa... imagina só se tivéssemos a possibilidade de saber o que vai acontecer lá na frente, com tempo e tudo mais. Será que nós viveríamos ou somente esperaríamos? E mais, se esperássemos, será que não ficaríamos parados e as coisas não aconteceriam por falta de ação? Ou o que tem que acontecer, vai acontecer, independente de estar parada no tempo e no espaço?

Não sei... não tenho as respostas e nem as terei. Mas acho interessante termos "meios" de saber que nem tudo está perdido e as coisas podem acontecer. Não falo só de mim, mas de tanta gente que - independente da religião - consegue saber um pouco sobre o que a vida nos reserva.

Prometi para essa pessoa que não vou esperar sentada...ela queria que eu prometesse que esperaria namorando, mas prometi apenas que vou tentar. As coisas não são fáceis quando o assunto é coração.

Mas...no fim das contas fiquei feliz... uma segunda opinião também acredita que a guerra não está perdida.

4 comentários:

disse...

O lance é juntar R$, ir no tal famoso hindu da india sei lá das quantas, pedir pra ele olhar a nossa mão e dizer que temos um futuro brihante, o problema é se ele dizer ao contrário... aí fudeu.

Por essas e outras que as vezes tenho medo de opinião alheia. Entro em parafuso. kkkkkkkkkkkkkkk

Giovanni disse...

Que roubada!
Depois pergunta pra esse tal guia os numeros da Loto,ok?

Isabela Bonfim disse...

Oi Tati.. acho esse tipo de coisa complicada... as vezes a pessoa só fala aquilo que queremos ouvir...

Flávia disse...

É o que sempre digo, relaxa e goza! Ops, essa nao foi minha... mais tudo bem. Tem coisa melhor que relaxar e gozar? rs (so pra descontrair papai da Tati, amiga... )
Tirando as brincadeiras, pq afinal de contas este é um blog muito serio. Respeitem! rs...
Precisamos levar a vida adoidado... ops... essa também ja foi dita, mas seria bom todo mundo doido correndo pelado na praia (papai da Tati nao foi bem isso que quiz dizer...)
Enfim, é o que acho... nao entenderam? Nem eu!!! Acho que por isso que minha vida corre por um lado que nao me leva pra baixo. Procuro nao me importar com coisas que nao valem a pena. E penso muito pouco nos problemas. E quando algo me faz mal procuro resolver o mais rapido possivel, porque a vida é curta para aqueles que gostam de curtir muito como eu!!!
Fica ai meu recado!!!
(Consegui me redimi Papai da Tati???) rsrsrs...