sexta-feira, 15 de outubro de 2010

História de Aquecer o Coração: feitos um para o outro

Li essa história em uma das mil revistas semanais que eu leio e achei linda...mostra que o tempo não apaga um sentimento verdadeiro.

José Pedro tem 84 anos e é primo de Nhanhá, de 91. Se conhecem, obviamente desde sempre e dizem que o sentimento que os uniu foi um grande afeto. A vida dos dois seguiu separadamente...ambos casaram, tiveram filhos. Um enviuvou e o outro se separou. Daí, como o que tem que ser, será e o que é do homem o bicho não come, depois de anos, José e Nhanhá resolveram contar a todos que se amavam.

O casamento dos dois foi cheio de emoção...com direito a tudo que uma festa tradicional pede: igreja, padre, entrada com os pais e a benção da família. A estrela da festa foi a mãe de um dos noivos, de 104 anos.

Parte da família se disse ressabiada no começo do relacionamento desde casal, mas depois, vendo que o sentimento era verdadeiro, apoiaram a união.

José Pedro e Nhanhá estão casados e provam que para o amor, o tempo é apenas um substantivo abstrato. Concreto mesmo é o sentimento.

4 comentários:

IdéiaSubstancial disse...

Nossa que linda história, o problema pra mim é esperar aiaiaiaiai é difícil ter calma... Bjoooooooooo

Accácia disse...

Li essa reportagem na Época!
Realmente uma linda história de amor!
mas quem tem tanta paciência asim como eles???
Bom fim de semana!

Isabela Bonfim disse...

Que lindo!

Flávia disse...

Caracas!!!!
Vem cá... que nome é esse em? Nhanhá?? hahahaha... Será que isso esta os influenciando em alguma coisa??? hahah... sacanagem...
Linda historia... Mais bonito ainda foi para quem viu a esse casamento.
Parabéns ao casal!!! Felicidades!!!