terça-feira, 12 de outubro de 2010

História de aquecer o coração

Nada acontece por acaso. Essa é uma frase que eu não canso se dizer (e nem de escutar). E acho que é a mais pura verdade... as coisas na nossa vida acontecem por uma razão que, não necessariamente, entenderemos logo de cara. Mas um dia entenderemos.

Essa história é real e aconteceu com uma pessoa que eu não conheço pessoalmente. Recebi via Twitter e achei que seria legal dividir com vocês. Como sempre, nomes não serão citados. Mesmo porque nem eu sei o nome real das pessoas. Para facilitar, chamaremos as personagens principais de João, Maria e Luzia. Sem razões. Acabei de inventar.

João é amigo de uma amiga minha. Isso é verdade. Ele namora Maria já tinha alguns bons anos. Acho que quase três. Resolveram noivas. As famílias se adoravam. Os pais do casal ajudaram a comprar um apartamento e os dois estavam comprando as mobílias, se preparando para o casamento. Até aí, tudo lindo. Mas o amor se apresenta em momentos que não temos como controlar e, quando aparecer o amor verdadeiro, a coisa complica.

Luzia é prima de Maria, noiva de João. Família. Pessoa próxima. Mas João e Luzia se apaixonaram. De verdade. Forte. João se viu no meio de um dilema: seguir em frente com a Maria ou assumir o risco com Luzia? Ele escolheu assumir os riscos. Terminou com a Maria, conversou com as famílias e se casou com Luzia.

Muita gente virou a cara para o novo casal. As festas de família são sempre divididas entre os que entenderam o amor e os que acham isso errado. A vida é feita de escolhas e ele seguiu o coração.

Acho que essa história é interessante...a gente vê que a vida nos coloca em situações que precisamos escolher e nem sempre essas escolhas são fáceis. Acho João um baita cara corajoso. Não sei se eu teria a mesma coragem. Meus pais com certeza vão falar que eu não teria. Mr.Right não teve. A situação dele é mais complicada do que a de João, talvez por isso ele não tenha escolhido correr riscos. Não o julgo.

Não julgo João e nem julgo Mr.Right. Eu sempre torço pelo amor. Que ele venha sempre...ou jogando tudo para o alto pela pessoa certa ou cometendo um erro, esperando um tempo e depois indo para a pessoa certa. Entendeu??

5 comentários:

Aline Braga disse...

Tati,
que história difícil, cortou meu coração..
Eu sempre me imagino no lugar das pessoas e creio que essa "Maria" deve ter sofrido muuuito! Mas João fez o que era certo, pelo menos foi antes do casamento, pior se fosse depois.Ele realmente teve muita coragem. Mas imagino que tenha sido uma situação constrangedora para a família!
Bjusss

www.myfabspace.blogspot.com

Accácia disse...

Acho que vc está certa em dizer que não devemos julgar...
Cada caso é um caso e nem sempre conseguimos ser corajosos pra nos jogar em algo de corpo e alma!
Eu tb não sei o que faria no lugar de João...se iria arriscar minha vida ou não!
Beijo!

Dani disse...

Que dó da Maria... espero que ela saia por cima e volte a acreditar no amor.

Diandra disse...

João, Maria e Luzia...

Flávia disse...

Caracas... Nao o julgo e sim o parabenizo. Poucos tem esse peito de enfrentar tudo e todos por um amor. Que sejam felizes!
E que a Maria nao fique triste. Ele nao era um cara pra ela. Provou isso a "trocando" por outra.

PS. Ficou muito pesado a ultima frase? Penso assim, fazer o que?... rs