quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Mini post: As pessoas pensam que ofendem...

...quando me chamam de mãe solteira. Engano de vocês.

Tenho orgulho de criar a minha filha sem um marido ao meu lado. E saber que ela é bem criada, bem educada e tem tudo o que quer. Não preciso de um marido para assegurar que a Maria Eduarda seja bem criada.

Ainda bem...prefiro ser mãe solteira do que insegura e precisar de um homem ao lado...

17 comentários:

Nathalie disse...

Não podia concordar mais com vc, Tati... vou te dizer que ser criada por mãe solteira é até, muitas vezes,melhor do que por pai e mãe. E vocês, mães solteiras têm todo o meu respeito e admiração.
Beijos!

Carolina Cunha disse...

Tem tanto pai que não faz diferença mesmo... Conheço história de um pai que vive as custas da mãe e ainda se faz de vítima do desemprego. Antes só do que mal acompanhada.

Tenha orgulho sim!!!

Bjocas

Fernanda disse...

Tati, dear: faz uma coisa pra gente? Para de se estressar com quem que nem te conhece e continua fazendo os seus posts de sempre...
Se você for responder a cada critica que aparecer por aqui, vai passar o dia fazendo isso! Minha mãe sempre diz: "entra por um ouvido... e sai pelo outro!" Liga o filtro de bobagens e seja feliz e bem resolvida, como a gente sabe que você é.
Beijos

Junior disse...

Amo a filhota e a familia que vc criou. Eu tenho certeza do carinho e dedicação para ser "independente" e não "mãe solteira". Ser "Mai" é muito gostoso, pois é cumplicidade! Tb tenho pai e não faz muita diferença, pois fui criado por minha mãe e foi divertido! bjss...amo vc! Ju

Claudia disse...

Iii, Tati, desestressa com besteira que os outros falam. Ao se separar você fez uma coisa boa para sua filha, estou por dentro da história e sinceramente acredito nisso. Tem muita gente que não tem filho e acha que sabe como é...faz como eu e aperta a tecla F. Te adoro. Se cuida.

Cami Nogueira disse...

Tati,
nem gaste seu tempo com pessoas negativas e que nao sabem criticar...ja q vc nao fez oq a tal julgava ser correto, ela desceu o nivel! Continue a mulher educada q vc sempre foi e...deixa ela pra la!!!!
Continuamos aqui...e volto a dizerq foi otimo te reencontrar depois de tantos anos!!
Bjs
Cami

Afrodite disse...

O problema da desinformação é esse...
Eu tb fui mãe solteira,e minha pergunta foi se vc achava que eu tinha inveja disso...afinal foi na sua postagem que li esse comentário!
Sobre deletar seu comentário o fiz pq o achei sem argumento,apenas uma fomentação sobre o que escrevi!
Se o que te interessam são dados aqui estão os meus...


Visualizações de página de hoje
626

Visualizações de página de ontem
677

Visualizações de página do mês passado
19.041

Histórico de todas as visualizações de página
83.163

Por favor,esqueça da minha existência como estou fazendo com a sua...
TENTE ser feliz,se é que alguém consegue o ser desejando a infelicidade dos outros.
E mais uma coisa:antes de falar sobre mim,seja aqui ou no meu blog,leia minha história primeiro!
A ignorância pode ser uma benção mas no seu caso esta sendo apenas um defeito a mais...
Afrodite

Sara disse...

Tati na boa, vc só está dando ibope para essa Sra. Fulana, eu nem sabia da sua existência, porém quando vc postou algo sobre o que ela disse e eu vi os coment's dela, logo entrei em seu blog de curiosidade... Portanto vc só está alimentando o blog dela rsrsrsrs, esses números acima são mérito seu rsrsrsrsrsrs
Desaquenda, deleta os coment's dessa amapô, dá um block e fica tudo certo... Dá uma de rede globo bee, e ignora a critica das outras, senão dá muito ibope.

beijão

disse...

Bah guria, nem te estressa.

Esse tipo de coisa nao vale a pena.

Alguem q se importa com numeros e acha q se sente invejada, tem que mais é dar parabéns por tanta imaginação.

Nem esquenta.

Continua com teu blog, que é show de bola!

A fulana é tão importante que tem HORRORES de comentários no tal post. kkkkkkkk

beijos!

Luh Rodrigues disse...

Olá! Tudo bem?!

Nossa, só agora estou podendo retribuir sua visita!

Gostei muito do título do seu blog! Hoje tava lendo no trabalho e meu amigo me zuou um monte HAhaHAAH

Já vou te seguir ;) E coloquei seu link no meu blog!!

http://diario-de-uma-consumista.blogspot.com

Beijos

MUNDO FASHION DA TATI disse...

Isso ai!!!
Hoje em dia nós mulheres somos independentes, não precisamos de homens pra nos sustentar.
E Xaráaaa, não dá ibope no seu blog pra ngm não, o melhor é ignorar!!!
Beijos florrrr!!!

Aninha disse...

Se assunto virou uma 'briga' de números (já que foi desse jeito que ela tentou ganhar a discussão), vamos lá, quem tem mais "IBOPE": 83163 visitas em 2 anos e 4 meses x 10 mil em 66 dias. Cálculos avançados de matemática nos permitem concluir que...

Enfim. O estranho é que tudo isso começou com uma observação educada sua (e realmente, não é porque aconteceu com ela que a sua história vai ser igual) sobre um post dela acerca da tua vida.

Mas independente do que a gente acha, Tati, se te apoiamos ou não (e você sabe que eu acredito no amor de vocês), o importante é que VOCÊ e o Mr. Right saibam o que sentem e o que é ou não verdadeiro.

Sim, realmente, é estranho ele não desistir do casamento e sim, isso não é legal nem com a noiva e nem com o futuro deles e o seu. Mas só vocês (talvez até só ele) sabem o porquê das coisas terem de ser desse jeito. E o fato de serem assim não quer dizer que "ele não está tão afim de você". Vocês podem até não ficar juntos no futuro, mas isso não vai querer dizer que o amor que ele tem por ti nunca existiu. Talvez, vocês acabem sendo um pro outro aquela pessoa que aparece em uma "foto da juventude", que fica amarela e hasta, guardada no fundo-falso de uma gaveta, escondida pra ninguém encontrar, mas que nunca vai ser esquecida. Talvez, o amor de vocês, acabe sendo um amor que terá de ficar no passado, vivido de forma incompleta e os dois dêem pra suas vidas um rumo independente uma da outra. Mas talvez – e o que eu acho mais provável, inclusive –, isso tudo sejam apenas provações que o amor de vocês tenha que passar, pra daqui a algum tempo voltar mais forte que nunca, pronto pra ser vivido.

A gente não sabe como vai ser. Se você soubesse o que tem pela frente, com certeza não ficaria nessa “agonia” – ou esquecia de vez porque sabe que não vai acontecer, ou acalmaria logo o coração e esperaria tranqüila, por saber que é questão de tempo. Seria muito cômodo termos uma bolinha de cristal. Se ela soubesse que as coisas iam acontecer como foram, e se não tivesse esperança que pudessem acontecer, com certeza não ia esperar por 10 anos. QUE BOM que ela encontrou uma pessoa que a ame e corresponda ao amor dela, ela merece, por ter sofrido o que sofreu com o amor que tanto esperou. QUE BOM que não tem motivos pra ter inveja de ti. Isso não é de se jogar na cara com ironia e raiva, é louvável.

Ninguém aqui vem apoiar a traição, nem você faz apologia a ela. Você tem o direito de buscar o que acha que é o melhor pra ti. É difícil agir racionalmente e de forma política e socialmente correta quando a emoção fala tão alto, num sentimento tão verdadeiro quanto o que a gente sabe que você tem por pelo Mr. Right. É muito fácil julgar estando de fora e não tendo nada a ver com a situação. As histórias podem ser parecidas, ela pode ter estado no teu lugar um dia, e o resultado pode até vir a ser o mesmo. Mas ninguém sabe, e é nessas horas que temos o benefício da dúvida, e o direito de acreditarmos que vai acontecer o que a gente mais deseja. Você é madura o suficiente pra sonhar sem tirar os pés do chão. Quem te conhece, que conhece um pouquinho dos teus relacionamentos – amorosos ou não –, sabe a pessoa que você é e o quão incapaz de desejar o mal pra alguém.

Não se importa com o que a gente vem aqui e te fala, seja pra te apoiar ou criticar. Temos nossas opiniões, nossa vontade de que aconteça, e até nossas torcidas de nariz. Mas no fim das contas, são apenas opiniões de gente de fora. Acredita no que teu coração diz, Tati. É ele que conhece você, o Mr. Right e o que vocês sentem. É isso que importa.
Um beijo.

PS1: Isso podia ser um post, e não um comentário, tô até impressionada que coube tudo, hahaha.
PS2: Accácia, a gente sabe que você continua lendo, ok? :*

Taciana disse...

Tati, concordo com a fér mesmo! Não liga, oras!
Parece que munido de um teclado as pessoas ficam mais corajosas para falar coisas que não falariam cara a cara. E todo mundo se sente no direito de julgar, mas nisso é muito fácil ser hipócrita. O seu blog é legal, e quem é sua amiga a muito tempo sabe disso, porque é sincero e fala das suas emoções. Por isso que tem muitas visitas... Isso que é legal! Continue escrevendo muito! Bjs!

Isis Coelho disse...

Engraçado como a fulana diz para você esquecer da existência dela porque ela está fazendo o mesmo. Será mesmo? Porque então continua visitando seu blog e deixando comentários que explicitam uma inveja - que na cabeça dela não existe.

Mas você é uma menina de ouro Tati e só quem convive com você sabe o quanto você luta para dar do melhor para a fofa da Madu. E realmente, concordo quando você diz que não precisa de homen nenhum para ser feliz. Compartilho do mesmo pensamento. Homem é um a mais e não essencial, não é mesmo?

E que vc tenha mais 100 mil visitas só essa semana. Desejo todo sucesso do mundo pra vc, minha amiga!

beijos Mil

Camilinha Pavan disse...

Tati, desencana de quem escreve essas coisas. Pode ter ctz que é uma pessoa mal amada e infeliz. Eu outro dia no blog da Tati Phinérrima, xinguei uma celebridade aí, e escreveram que eu iria presa. Consegue acreditar?????? hahahahahaha Então nem ligue. Essas coisas são ótimas p/ nso fortalecer.
Mil beijos

Ana Paula disse...

Tatinha!
Agora que eu li esse absurdo todo. Não se estressa! Ela nem sabe como vc é na vida real! Quem tem vc como amiga nem precisa de tv, é diversão na certa. Se vc é interessante no blog, ao vivo é o máximo.
Conta com a gente.

Bjos,

Flávia disse...

Se esse post foi para calar a boca de alguem saiba que conseguiu! rsrsrs... Pq ate eu fiquei sem graça...rs...