domingo, 30 de janeiro de 2011

Desencontros

Eu acredito que tudo acontece por um motivo. E tudo também NÃO acontece por um motivo. Vou tentar me explicar: tenho um conhecido que ensaiei algumas saídas umas trocentas vezes. Nunca deu certo. Ou chovia, ou ele estava namorando, ou eu estava de mau humor, ou acontecia qualquer coisa que impedia a tal saída. As últimas vezes que conversávamos, ele estava namorando uma menina e, por motivos óbvios, não saímos. Daí as coisas entre eles começaram a ir mal e eu comecei e me dar bem. Não, não com ele. Com o novo personagem ainda anônimo do blog.

Domingo passado descobri que esse conhecido terminou com a namorada. E só descobri porque ele me mandou uma mensagem contando. E eu contei que não estou mais sozinha. E aí comecei a pensar que existem histórias que são programadas para não acontecer. Acho que muitas vezes o "E se...?" é mais divertido do que a história em si.

Tenho certeza de que esse é o nosso caso. Em teoria parecida tudo muito legal, mas sei que na prática não daria certo. Temos ideias diferentes, personalidades diferentes e tudo é muito,muito complicado. Acho que a graça estava naquele jogo que a gente fazia antes. De repente, a realidade seria bem chata.

Torço para que esse cara encontre uma pessoa que o faça feliz. Nunca falei para ele, mas não acho que a pessoa que estava com ele seria A mulher,sabem? Não sei. Não a conheci, mas o que eu vi e li acho que ele precisa de alguém com o mesmo espírito brincalhão que ele tem. Uma amiga nossa em comum seria perfeito,mas eles só são melhores amigos. Uma pena...

Nos encontros da vida, os desencontros são inevitáveis e necessários....

4 comentários:

Analice disse...

Ola,

eu estou dando uma passadinha para vê as novidades e deixar a minha presença registrada, é verdade...

Um otimo final de semana,

analice,

Nai disse...

Oi Tati,

Realmente tudo tem a razão de ser, realizei um amor platônico daqueles de rolar declaração na véspera do meu primeiro casamento (que não deu certo por outros motivos) depois rolou, mais preferia que tivesse guardado na lembrança o idelizado, na prática não foi tão bacana.

Beijus

Paulinha disse...

TAti, fato: existem histórias que são programadas para não acontecer.

E se... e se... nunca dá pra saber... é tipo a piada do shopping de maridos... se a gente ficar procurando eternamente, nunca vai se fixar!
Tô feliz por vc e torcendo pelo seu rapazinho! heheheheh...
bjs

Tati disse...

Oie migaaaaaa..adorei te ver!

Um beijo grande
Tati