quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Panelinhas....

Quando eu estava na quarta série vivíamos uma panelinha: eu, Débora, Silvia e mais um grupinho pequeno. A tendência foi a panelinha se dissolver e virar várias outras. E a coisa foi indo até o fim do colégio. Isso, claro, a gente tinha 16 anos. Depois dessa idade eu acho que a panelinha deixa de existir e vira amizade de verdade. Ou melhor...as amigas que sobraram daqueles tempos acabam virando amigas e só. Não existe mais uma panelinha...mesmo porque não existe mais o convívio de colégio. Daí vem a faculdade e se formam os grupos de trabalho. E depois acaba virando tudo amizade e pronto.

O que acontece,então, quando depois dos 25 anos de idade você resolve que a sua panela é você e mais uma amiga e que não está disposta a abrir o grupo para mais uma pessoa? Acontece que você fica sozinha. Você que eu digo é a pessoa que não está aberta a novas amizades para essa panelinha que está mais para leiteirinha. 

Dia desses eu estava em casa e resolvi convidar uma amiga para um passeio no shopping. Aliás, espero que ela não fique brava pelo post, mas se ela ficar eu apago. Eu telefonei como de costume e fiz o convite para um almoço em um shopping X de São Paulo. Ela aceitou. Cinco minutos depois ela me liga perguntando se uma amiga dela, que eu conheço, poderia ir. Eu adoro amizades novas e achei que seria legal o trio bater perna e colocar as fofocas em dia. A amiga dessa minha amiga parece ser bem bacana. E tudo estava combinado.

Chegando no shopping, perguntei para a minha amiga sobre a amiga dela e ela disse que ela não quis ir porque queria ter ficado sozinha com a minha amiga. E completou com um "mini xilique" (eu coloquei essa expressão e não a minha amiga) sobre ter sido trocada, sobre não ser mais a melhor amiga dela e blá blá blá Whiskas Sachet. E acabou que ela realmente não foi.

Fico me perguntando o que leva alguém com mais de 20 anos a acreditar ainda nessa coisa de panelinha, grupinho e conversinha. Sério. Achei infantilidade. A menina lê meu blog e achei sempre que ela era uma graça de pessoa, mas me parece ser ou muito carente ou muito mimada. Achei desnecessário o desconforto para a minha amiga que, no fim, ficou chateada por não conseguir conciliar as duas amigas.

Pergunta: amizades de grupos diferentes não podem interagir, amiga da amiga??

11 comentários:

Dani disse...

Não é nada disso, Tati... eu não tenho nada contra a você e a amizade que você tem com a nossa amiga em comum. Mas eu PRECISAVA falar com ela. Pq ela é a pessoa q conhece a minha história, pq ela q ouve meus desabafos. Pq ela é a minha amiga. Vc tb pode ser...mas naquele dia eu queria falar com ela pq eu não tinha condições de ficar relatando o q acontece para outras pessoas, entende? E eu fiquei brava pq eu tinha mandada uma sms pra Lene na quinta-feira chamando ela pra sair e ela não me respondeu...e isso não é a primeira vez, entende? Qdo vc tá magoado um risco pode virar Francisco. E se eu tenho problemas com ela, nós duas que temos que resolver.

Repito, eu não tenho nada contra você. Claro q a gente pode sair todas juntas de novo em outra ocasião (em q eu não esteja morrendo por dentro). Mas preferia mesmo q se vc quisesse falar algo q fosse diretamente comigo e não ficar expondo metade da história no seu blog. Isso é chato e não tem nada a ver. A única pessoa q pode me julgar é a nossa amiga. Ela é a única pessoa q tem direito a isso. No meu entendimento é isso. E eu vou falar com ela pra resolver isso qdo chegar a hora.

E nós duas temos que nos conhecer melhor... pq eu não sou nada disso q vc escreveu.

BeijoS. (sem ressentimentos)

Oficina Chic disse...

Tati, essas historias de amigas sao realmente super complicadas..
Beijinhos, Gabi

Ps.: Temos que marcar nosso encontrinho!

André disse...

Eita !!!! acho que deveríamos mudar de assunto !!! rs...

Paulinha disse...

Xi, ela magoou...

Isso que eu ia falar... vai ver ela tava jururu ou de tpm. A gente tem uns dias que não consegue dividir as amigas, né?

Acho que nem sempre é pq quer ficar com a amiga só pra ela... mas pode ser tb pq nunca têm oportunidade de se encontrar só as duas, pra conversar sobre coisas mais íntimas...

Mas sim, vamos unir grupos!

Claudia disse...

concordo 100% com a Paulinha.

Dani disse...

Eu só quero que a Tati entenda que eu não quis excluir ela de nenhum círculo de amizade. Mas naquele dia eu queria um pouco de privacidade com a minha amiga para chorar a vontade. Só isso... Você, Tati, não tem culpa alguma no que aconteceu. Não tenho bronca de você. O que aconteceu foi entre eu e a nossa amiga em comum, cara! Não precisava de nada disso.

Desculpa se as coisas que aconteceram te fizeram me entender errado.

Isabela Bonfim disse...

Eu entendo o q vc quer dizer, Tati. Conheço gente que tem "ciumes" qndo a amiga vai sair com outra. Mas tb já teve dias em que eu queria sair apenas com uma amiga e ninguém mais. Acho que foi isso que aconteceu com a amiga-da-amiga. Bjs

Anônimo disse...

ai gente, leiam os comentários antes de comentar né. É o mínimo. Se não, mesmo depois que a menina se explicou o pessoal fica chovendo no molhado...aff.

Cami Nogueira disse...

É Tati, vou ter que concordar com a Dani...ela não fez nada de errado...as vzs nós julgamos a pessoa atribuindo a ela má motivação, sem saber na verdade os motivos que levaram ela a fazer isso...vale a pena darmos o beneficio da dúvida e primeiro termos certeza do que aconteceu, antes de expor a pessoa como infantil, criança e etc...quando na vdd a nossa atitude de julgar sempre pelo pior é que se enquadra nessa categoria de infantilidade.
Eu poderia muito bem concordar com oq vc disse, pq a gnt se conhece...mas lendo a explicação da Dani, simplesmente não achei justo =)
Bjjj
Cami

Nai disse...

Geralmente meus amigos vão ficando amigo de outros amigos e vice-versa. Adoro juntar gente que não tem nada haver porque no final sempre dá certo.

Mais toda regra, tem uma .....
Tenho uma amiga, que tem um desafeto por amiga e ela idem, como eu não gosto da menina, barbarizooooooo. Faço chantagem emocional, e sempre desligamos o telefone com um vai lá com sua "amiga de verdade", uma repetindo pra outra. Mais quando estamos no mesmo ambiente nos comportamos bonitinho,rsss

Jacqueline disse...

Nossa complicado isso, eu adoro fazer novas amizades, mas como a Dani disse é diferente ela queria falar algo particupar com a outra menina, tudo bem vamos entender, acredito que vocês irão sair novamente para um cinema e todas se divertirão muito!!