quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Preços...

Não, este não é um post de compras. Não é o propósito do blog, mas quem quiser falar sobre isso, eu sou a pessoa certa. Adooooooro um shopping! O preço que estou falando é o que a gente paga pelos erros e atitudes do passado e como elas refletem em nosso futuro.

Eu não tenho um único motivo para escrever este post. Na verdade, acho que ele é uma combinação de muita coisa que aconteceu, tem acontecido e, quem sabe, ainda vai acontecer. Não é depressivo e nem pessimista, apenas reflexivo.

Fico pensando em como seria se a gente tivesse uma máquina do tempo. Uma que desse pra gente a oportunidade de ir somente para o passado. Será que a gente mudaria alguma coisa? Será que essas mudanças refletiriam no nosso presente e no nosso futuro? Ou será que essa máquina seria a chance de consertar aquelas mil coisas erradas que fizemos e queremos simplesmente esquecer?

Às vezes tenho vontade de esquecer todas as vezes que briguei por motivos tontos com o meu irmão, todas as provas com notas baixas que eu escondi da minha mãe e ela descobriu (e,claro,me passou um ralo enooorme), todas as besteiras que eu fiz. Mas será que se eu fizesse isso, eu seria quem eu sou hoje? Ou eu seria uma criatura perfeitinha, sem erros e chata?

Por outro lado, qual é o preço que a gente paga por ser quem a gente é? Qual é o preço que as celebridades pagam por serem o que são e terem a vida que têm?

Mais ainda: qual será o preço de um futuro promissor? Espero que não seja muito caro...mesmo porque a minha conta bancária não anda das melhores... :)

7 comentários:

Paulinha disse...

Se eu pudesse mudar algumas coisas sem inteferir nas outras, eu mudaria.
Mas acho que isso seria impossível (se fosse possível mudar o passado)... então, acho que o jeito é não repetir as mesmas besteiras.
Tb fico pensando nisso às vezes.. os erros, os aprendizados fazem a gente ser quem é.
bjs

Fernanda disse...

Pois é, acho que é o ja' famoso efeito borboleta... Eu acho que não arriscaria!
Veja so' um exemplo: lembra que eu queria fazer ITA? (obs para a paulinha: mas não medicina, engenharia mesmo hahaha)
Se eu tivesse passado no ITA, provavelmente não estaria onde estou hoje...

Beijos!

Claudia disse...

amei os comments da Paulinha e da Fernanda. #momentopuxasaco :D

Wan disse...

Olá Taty,

Acredito que somos quem somos hoje devido as experiências boas e más que vivemos ( e os nossos erros tem um papel importante nisso!).

Com nossos errosamadurecemos muito!

beijos!

http://belezapedagogica.blogspot.com/

Lari disse...

Não sei muito bem o que dizer, preciso pensar a respeito pq esse post falou sobre algo que venho pensando há tempos.
Ou seja, comentário inútil... rs

martinha disse...

Bem eu acho que a vida é feita de escolhas - se plantarmos bons frutos
iremos colher bons frutos e assim por diante e também penso que nada acontece por acaso, tudo tem sua razão de ser, beijo e té++

Tati disse...

Tb acho que tudo a gente escolhe, acredito no destino, mas a gente dá uma mãozinha à ele sim! Várias escolhas que fiz resultaram na vida q eu tenho hoje, Graças a Deus! Se eu não tivesse encanado em fazer curso de fotografia (sei lá pq) eu não teria aproximado do meu marido! srsrs

beijokas
Tati