terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Ser mulher....

Sumi no fim de semana e ontem. Trabalho again, desculpem. Mas, como tudo tem um lado bom, peguei carona em uma pauta de um dos meus clientes para o tema de hoje: ser mulher.

Se eu tiver que nascer de novo, vou implorar para Deus para vir mulher de novo. Eu AMO ser mulher e acho que se eu fosse homem, seria gay. A mulher é o que gera vida, é o lado sensível e equilibrado do mundo. Fora que o mundo de compras para mulheres é simplesmente muito mais legal!!

Falando sério: ser mulher nos dias de hoje é um tremendo desafio. Antigamente bastava saber ser dona de casa: cozinhar, lavar, passar e estar disposta para os homens. Depois a mulherada resolveu crescer e aparecer e aí a coisa "piorou" de vez pra gente. Não basta mais saber lavar, passar e cozinhar. A gente tem que ser super mulher: ser uma boa esposa, uma excelente profissional, ser mãe exemplar e tudo isso sem esquecer de ser mulher. E aí que entra sessões em cabeleireiros, terapeuta, reuniões e por aí vai... Fiquei pensando, depois de ouvir vários tipos de mulher, como é que a gente consegue manter o bom humor tendo uma pressão gigantesca em cima dos nossos ombros. E não consegui concluir como podemos ser super mulheres.

Ser uma super mulher pode parecer, em teoria, a conquista do universo e a satisfação do dever cumprido. Mas não é bem por aí. Na ânsia de agarrar e conquistar o mundo, acabamos esquecendo da conquista primordial: a nossa própria. Quantas e quantas vontades deixamos passar por conta de um terceiro? Quantos planos deixamos de traçar por família, amigos, etc?  E aí que nessa, nunca vamos conseguir atingir a tão sonhada perfeição...

O que esperamos para o futuro? Como serão as futuras mulheres? Será que vamos retroceder e logo mais deixaremos de ser super profissionais para sermos apenas boas mulheres e mães? Será que no futuro teremos que ser mais "robóticas" para dar conta do louco mundo que vivemos? E, acima de tudo, será que vamos conseguir alcançar (ou superar) as nossas próprias expectativas??

2 comentários:

Anônimo disse...

Olá!!
Tem um texto da Danuza Leão, ótimo sobre isto. Ele diz que são mentiras que foram contadas sobre as mulheres, que ela podem ser tudo ao mesmo tempo e eu concordo, pois é praticamente impossível!!

Nós, mulheres, não podemos conciliar perfeitamente as funções de mãe, esposa, companheira e amante, e ainda por cima ter uma carreira profissional brilhante..
só em novelas, onde elas aparecem depois do expediente, arrumadas, cheirosas, bem humoradas e são recebidas por sua família alegre e feliz, com tudo pronto, arrumado, na mais perfeita ordem...
Mesmo sendo assessoradas por um batalhão de empregadas; pode até ajudar, mas pra todas?? Impossível...
Maria Lúcia - Recife-PE

Taciana disse...

Tati, por isso que quando vc ficou grávida a gente começou a torcida para ser uma menina! Se não viesse a madu, o seu filho usaria roupinhas rosas, hahahaha!

bjs