quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Timing

Dizem que o tempo é o senhor da razão. Dizem que o tempo é relativo. Dizem que o tempo é precioso. Dizem tanto que nem sei mais qual dessas premissas é verdadeira. O fato é que tempo (e timing) pode ser uma benção ou uma maldição. Sintonia e tempo se casam em busca de um relacionamento harmonioso. E como fica a relação quando o timing do casal é diferente? Explico.

A menina sonha em se casar. Tem a festa planejada e o vestido pensado. O namorado? Sonha surfar nas praias do Caribe, quer conhecer um monge tibetano e ganhar um prêmio importante. Tudo isso antes do casamento, que ele nem tem previsão de acontecer. E aí,como faz? A relação está fadada ao fracasso por conta do timing individual?

Outro exemplo: casal que começa a namorar agora. A menina está feliz, mas não mostra a maior empolgação do planeta. O menino se diz felicíssimo e em estado de graça. O timing da paixão está diferente. Mais uma relação que não pode dar certo por conta do tempo?

Fiquei pensando na diferença do tempo entre homens e mulheres e como pode ser raro o encontro de duas pessoas do sexo oposto com um mesmo propósito. Será que temos que descartar pessoas legais que estão com um tic tac diferente do nosso ou podemos dar o sangue se a relação vale a pena e tentar fazer uma matemática de fusos-horários para chegar ao tempo certo, o tempo exato e o tempo perfeito?

Meu relógio anda meio desregulado...não sei se foi muita mudança no fim do ano passado e começo desse ou se a minha "maquininha de fazer o relógio andar" está com problemas. Sei que estou meio atrasada e o coelho de Alice está quase me dizendo "É tarde! É tarde! É tarde, é tarde, é tarde...!".

Meu medo é que realmente seja tarde...

7 comentários:

Sizií disse...

Não.. Nunca vai ser tarde... A cada novo dia voltamos ao zero. Temos as mesmas oportunidades de novo, acreditando nisso, verás sempre um tempo ao seu dispor. =D

Abraços!!

martinha disse...

Sinceramente acho que nunca é tarde para ser feliz! E quando se quer realmente os ponteiros dos relógios entram em sintonia normalmente sem que se faça nada... siga em frente que vai dar tudo certo, pode crer, beijo e té++

Claudia disse...

Eu não sei se acredito nisso de timing não. Acho que não importa nossos planos, nosso "momento" quando o amor- amor mesmo, não um simples "gostar", acontece, as pessoas não se importam com mais nada e só querem ficar juntas.
Adiam planos ou arranjam uma forma de incorporar o parceiro nesses planos.

Exemplo: quando casei com o Le em 2002, achei uma carta da ex dele, dizendo: "mal posso esperar até 2010, quando vamos nos casar e ter nossos filhos". Ele planejou só casar em 2010 com a tal. Aí me encontrou em 2002 e casou meses depois. Em 2010 já tínhamos dois filhos. Timing? Não. Amor. Acho que existem muitas mentiras que as mulheres contam para elas mesmas em relação ao "porque não deu certo", sendo que na maioria dos casos a resposta é óbvia e simples: porque não era amor.

Anônimo disse...

OI TATI, TUDO BEM?
Vou te contar antes uma história e depois explicar o que eu penso hoje.
Certa vez eu era bem novinha ... uns 19 anos ... e eu disse para uma supervisora minha ... "meu sonho era encontrar uma pessoa que queira a mesma coisa que eu ... pra eu poder ter um relacionamento legal porque os dois pensando do mesmo jeito fica mais fácil" e ela pegou e me questionou ... Por que no mesmo momento e por que pensar igual" e eu falei porque é mais fácil ... e ela me disse ... pode ser que vc ache mas é difícil. Nem sempre quando as pessoas se conhecem elas estão num momento parecido ... mas ..."
No dia que ela me falou queria simplesmente matar ela ... mas hoje eu vejo que ela estava certa.
Quando conheci meu atual namorado nós não estávamos num momento parecido ... mesmo continuando o namoro teve momentos que cada um queria coisas diferentes ... até chegar no momento atual que é estarmos pra casar passamos por muitos momentos que nossos pensamentos eram próximos e por outros que eram distantes ... até hj lembro das palavras dessa supervisora....
Pra você estar junto você precisa amar a pessoa e ao mesmo tempo respeitar o que você sente. se você ama a pessoa você espera o tempo dela ... e se não der pra você esperar por motivos pessoais é melhor que termine ... mas só com muita conversa pra chegar essas conclusões ... não pense que sabe o qe a pessoa pensa ... pergunte para a pessoa o que ela quer e o que realmente ela pensa ... ai sim você certamente poderá decidir sobre a vida e sobre o futuro ...

Camila disse...

Tatinha,
já está participando do sorteio que está rolando no blog? É uma correntinha do cristo redentor ok?

Beijão Mili
www.milipavan.blogspot.com

Paulinha disse...

Tati, penso como a Claudia...
Quando existe amor a gente não deixa passar a oportunidade.
Quem ama quer construir a vida junto... casar não significa que vamos desistir dos nossos planos pessoais, mas sim que vamos adaptá-los, pois no casamento é tudo trabalho de equipe.

Se a pessoa não quer casar é pq não ama o suficiente pra isso.

bjs

Tati disse...

Eu acredito no amor amiga, então se existe amor, a gente quer grudar e fazer a vida juntooos! né?


beijooooooooooo, saudades, muito trabalho né? eu tb to assim!

Tati