sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Virar ou não virar eis a questão....

Ou o mundo enlouqueceu ou eu estou caretona demais. Sério. Antes de mais nada, quero dizer que não tenho absolutamente NADA contra gays e lésbicas. Pelo contrário...tenho vários amigos gays que eu amo de paixão e,se pudesse, moraria com eles ao melhor estilo Friends. Fato é que esses amigos todos são e sempre foram gays. Isso eu acho super normal e aprovo a pessoa que quer ser feliz do jeito dela. Ser ou não homossexual não é medidor de caráter. É apenas um modo de vida.

Mas qual é o motivo de tanta explicação? Simples. Não sei bem o que está acontecendo com as pessoas, mas eu conheço duas mulheres que eram super namoradeiras, viviam com ficantes pra lá e pra cá e....BOMBA!, as duas resolveram virar lésbicas! E como eu descobri? Via orkut e facebook.

Uma delas era casada há anos e vivia declarando o amor ao marido. Um belo dia aparece a foto dela no facebook com uma mulher. E, dentro do perfil, um álbum apaixonado. E assim, de uma hora pra outra, ela resolveu mudar de time.

A outra vivia dizendo que namorava um tal fulano. Ele chegou depois de uma separação conturbada de um namoro de anos. E aí que um belo dia eu descubro que ELE era na verdade ELA. A notícia veio pelo MSN depois que eu insisti muito (porque queria encontrar a minha amiga) que queria vê-la.

Não que eu esteja julgando as duas. Acho que elas devem ser felizes com a escolha que fizeram. E estão lidando bem com isso,creio eu. Mas fico pensando nos motivos que levaram as duas a trocar de time.

Se eu fiquei chateada? Claro que não. Vamos pensar nas solteiras que estão por aí...quanto mais lésbicas, mais homens disponíveis...!

Só cuidado, meninas...seu príncipe encantado pode virar princesa em um passe de mágica.

6 comentários:

Tati disse...

Jura amiga? olha não sei o que leva a acontecer isso, mas se agora ela está mais feliz, tudo é válido né não?
Mas acredito que o que aconteceu é q uma atraiu a outra, acredito nisso. pq não sei se por uma desilusão acontece da pessoa mudar de "time" sabe?

Beijokas amigaaaaa
Tati

Claudia disse...

Não acredito no "mudar de time". Acho que as pessoas com o passar do tempo vão se conhecendo melhor e percebem que também gostam do outro lado. OU que nunca se sentiram completas com um dos lados e percebem que o outro é o que as deixa felizes.

As vezes a gente não se apaixona por um corpo e sim por uma alma, e ela pode estar no corpo de um homem ou uma mulher. Eu não sou lésbica, e sou muito bem casada com um homem, mas seria ridículo e infantil dizer que é impossível que um dia eu não encontre uma alma gêmea num corpo feminino.

Acho que isso vai acontecer? Não, por que sei que encontrei minha alma gêmea, mas acho que o mundo tá tão preocupado em rotular "bi, trans, homo, hetero" que a parte mais importante do relacionamento entre duas pessoas, o AMOR, fica pra trás.

Paulinha disse...

É, Tati... sei lá, acho isso de mudar de time meio esquisito... acho que a pessoa percebe que só estava tentando fazer gol contra e assume a camisa, isso sim! Heheheheh...

Nai disse...

Hahahaha
Eu demoro um pouco pra pegar no tranco, minha irmã é um pouquinho mais esperta.
Não sei se é tendência, modismo, decepção, mais sempre rola aquele tricô, não sei em que planeta eu vivo mais tenho a sensãção que todo mundo tá virando GL ou Bi.

Nathalie disse...

Oi Tati!!!
Tava dando uma geral aqui no seu blog, fazia mto tempo que não lia. Adoroo!!! hahaha morri de rir com a história do Muriliiiinho hahahhaha ótima!
Amei saber que vc está num relacionamento legal, fiquei morrendo de vontade de experimentar o jantarzinho que rolou no outro dia hehehehehe (saudades de uma comida decente... ahhh)
Enfim, amei. Ah, e se um dia eu casar, quero um anúncio no seu blog tb, o que vc acha? Hehehehehe....
Beijos querida!!!

Luh Rodrigues disse...

Amei a parte "quanto mais lésbicas, mais homens disponíveis!" ! Muito bem colocado! Não tinha pensado nisso HAhahAHA

Beijos, Tati!!