quinta-feira, 24 de março de 2011

Acabou.

Depois de dois meses, A. e eu terminamos o namoro. Foi um término sentido, mas necessário. Não estou no momento de poder ser a namorada que eu gostaria de ser e nem a que ele merece ter. Acho que uma combinação de fatores culminou no término.

Não brigamos, não discutimos, apenas conversamos. Descobri que partir o coração de alguém é dez mil vezes pior do que ter o coração partido. Sinto por ter magoado uma pessoa que, durante o tempo que ficou ao meu lado, me deu apoio, me confortou e esteve lá para mim. Para A. sou só elogios e sinto não poder ter sido a mulher que ele, mais do que precisa, merece ter ao lado.

Eu estou bem. De cabeça tranquila por saber que Deus vai colocar na vida dela uma mulher que mereça o amor dele e tudo o que ele quer oferecer. E, se eu for essa mulher, a gente vai se encontrar de novo. Mais uma vez eu aposto no "nada acontece por acaso". O que tiver que ser, vai ser. E, de coração, ele vai encontrar um grande amor.

O momento é meio cinza, claro. Ninguém gosta de terminar um relacionamento, ainda mais com uma pessoa maravilhosa como ele. Mas não sinto que poderia ser a namorada que um dia eu fui. Uma série de fatores (internos e externos) me impedem de ser a pessoa que eu fui um dia. A namorada que eu fui um dia, na verdade.

Bola para frente. Mais um capítulo pode ser escrito na vida. Ela está aí pra ser vivida. E vamos seguir em frente...atrás, vem gente!

9 comentários:

Deise Gomes disse...

"Descobri que partir o coração de alguém é dez mil vezes pior do que ter o coração partido." Sempre digo isso e acho que é a mais pura verdade...
Enfim...Boa sorte pra vc nessa nova etapa! Ahhh! Adorei o blog!
Bjokss

Isabela Bonfim disse...

Que pena, Tati. Fica bem, tá? Bjosss

Joice Stolnberger disse...

Poxa Tati, que pena!! Mesmo sabendo que as vezes isso é o melhor a fazer, o término de um relacionamento é sempre triste!! Mas bola pra frente...bjao

Joice
@jostolnberger

Nai disse...

Eu sempre sofro ao terminar uma relação...
Não é porque nunca me deram um cartão vermelho, que não exista sofrimento ao colocar um ponto final.
Mais como você mesma disse: nada acontece por acaso.

Beijus

Gabi de Davi disse...

Ai amiga... Chato isso né?
Mas se foi necessário é para um bem maior no futuro. Pior seria se vc deixasse rolar somente por comodismo em ser amada.

Aliás, quem ñ gosta de ser amado? Mas o difícil mesmo é ter peito pra tomar a atitude q vc tomou... Conheço gente q vive num mundo de fantasia só pq é amado, mas no fundo no fundo ñ ama a pessoa nem 1/3 e o resultado disso? O pior possível...

Mas vai passar!

bjs

Oficina Chic disse...

Amiga, sei que vai superar essa nova etapa de cabeça erguida e coração tranquilo! Esses momentos são terriveis mais passam. Qualquer coisa, estou aqui (online) hehe :)
Beijocas, Gabi

ciça disse...

Ai, Tati... Pelos posts eu imaginei que isso estava mesmo para acontecer, ou que já tinha acontecido...

Espero que vcs dois fiquem bem, mesmo sem um ao outro.

E o que interessa, é saber o que quer... Se vc soube, já está no caminho certo...

Beijos!

Ciça

www.pilatesforhealth.blogspot.com

Daniela Freitas disse...

Se vc decidiu q assim era melhor então é porque realmente é. É chato sim fazer o outro sofrer, mas tbem não dá pra faze-lo feliz se vc não estiver. bjs

Tati disse...

Amiga, é triste mas passa, vc sabe disso.
E só o tempo para melhorar tudoo.
Estou aqui,é só gritar!


beijooos, te adoroo
Tati