domingo, 27 de março de 2011

Olhar para trás...andar para frente...

Minha mãe descobriu o blog e, claro, fez algumas críticas construtivas com relação à minha vida e, acima de tudo, minha vida sentimental. Na verdade ela está certa quando diz que não podemos olhar o que passou, mas sim colocar a vida para frente. Esse post é meio explicação para ela...

Eu acho sim que temos que andar sempre para frente, em busca de novas histórias e experiências de vida, mas não podemos esquecer (ou muitas vezes não conseguimos) o que passou. Muita coisa na minha vida eu faria diferente, mas muita coisa eu manteria igual. Faz parte de mim.

Minha mãe começou a ler o blog agora e pegou o bonde andando e eu queria deixar aqui registrado para ela e para todas as pessoas que estão lendo que eu NÃO sofro mais pelo que me aconteceu com o Mr.Right. Não. Eu não choro todos os dias antes de dormir. Não, eu não fico dentro de casa esperando que ele bata na minha porta. Não, eu não espero que ele me ligue na semana que vem dizendo que mandou a Natasha passear e quer ficar comigo. Não é nem de longe assim. Estou aberta para conhecer uma pessoa especial, que vai fazer a minha vida muito melhor. Ela, a minha vida, está ótima e sou muito feliz por tudo o que tem me acontecido ultimamente, mas um relacionamento gostoso pode ser muito bem-vindo!

O que eu quero que a minha mãe (e todo mundo que se interessar) entenda é que essa história toda foi muito "louca" para ser esquecida. Foi muito especial. Foi muito gostoso. Não interessa, nesse momento, se foi certo ou errado, se era imoral ou não. O que interessa é que duas pessoas, naquele momento, se encontraram e se gostaram. E isso ninguém me tira.

Pode ser (e eu digo que poooooode ser) que um dia a gente se reencontre. Pode ser que realmente ele se separe e a gente fique junto. Mas pode ser que semana que vem eu conheça uma pessoa que vire o meu mundo de cabeça para baixo. Pode ser que eu fique sozinha para sempre e viva muito bem assim. Pode ser tanta coisa....Como eu vou saber o que vai ser? Vivendo...com o coração aberto que é como estou.

Olhar para trás é inevitável...mas caminho sempre para frente. Firme e forte.

5 comentários:

Juliana disse...

Tatizinha minha rachel, como eu sempre digo e acredito nada é por acaso, ele não apareceu nem saiu da sua vida por acaso, tá aí a Madu q não me deixa mentir não é mesmo??? A gente não tem conhecimento de que é destinado para nós pq não temos lembrança do mundo espiritual, se tivéssemos seria td tão mais fácil né loira, o importante é vivermos intensamente td aquilo q cruza o nosso caminho e deixar q o tempo cure tds as nossas feridas e abra nossos olhos e nossos caminhos pro q é certo e destinado pra nós... Viu viu como to evoluidinha amiga... Amo e torço mt por vc viu.... Ju

Anônimo disse...

Eu tenho uma opinião, e espero que vc não fique brava, mas eu acho que vc nunca amou o Mr Right. Acho que foi paixonite, mas não faz tanto tempo assim e vc já superou o cara. Isso não é amor.

Tati disse...

Anônimo,
Eu não fiquei brava com o seu comentário. Cada um tem a sua opinião. Mas acho que a coisa não é bem assim. Já faz tempo que a gente terminou e eu não posso passar a minha vida chorando por uma história cuja solução não está nas minhas mãos.
Sem querer sem grossa, quem sabe do que se passa no meu coração sou eu e mais ninguém. A verdade que teve (tem, terá...quem sabe?) pertence a mim e a ele. Mais ninguém.
Comente sempre que quiser.
Beijos,
Tati

CYNTHIA disse...

VOCÊ TEM O DIREITO DE SER FELIZ, NÃO DEU... A VIDA CONTINUA COM UMA PÁGINA NOVA , REPLETA DE COISAS BOAS QUE AINDA SERÃO ESCRITAS, VIVO O MESMO, VAMOS LÁ PRA FRENTE.... SEMPRE... E QUE DEUS NOS ILUMINE COLOCANDO ALGO ESPECIAL!!! UM ABRAÇO, CY!!

Cheguei aos 50, aliás, passei deles... e agora? disse...

Respostinha pelo meu blog... chic rsrs