terça-feira, 19 de abril de 2011

No meio do caminho tinha um francês....folgado

Se a minha vida fosse um filme bonitinho, eu estaria no meio da rua conversando com uma amiga quando um francês me abordaria com uma pergunta qualquer, corriqueira. Trocaríamos cartões e aí ele seria o amor da minha vida. Maaaas...como a vida é uma realidade sem roteiro, eu conheci casualmente um francês, num café com uma amiga. Mas o cara é folgado ao cubo.

Estávamos Bianca, minha fiel escudeira do escritório, e eu tomando um café no Center 3 da Paulista depois de um dia estressante no trabalho. Na hora de ir embora, Pedrão, o santo sacana, manda aqueeeeeela chuva pra gente. Esperando na porta do shopping, me aparece um cara bonitão pedindo - em inglês - informações sobre uma rua. Explicações dadas, o moço me dá o cartão dele e pede que eu entre em contato. Fui embora. No mesmo dia, pensando que eu poderia ter feito o francês se perder, mandei uma mensagem perguntando se ele havia se encontrado e aí começamos a conversar no MSN. No começo o papo foi agradável e era beeeem treinar o inglês (ainda que escrito). Mas nem tudo que reluz é ouro...

O cara era um chato. Pense em um ser convencido. Pensaram? Multipliquem por trinta. Era o cara. Ele me disse que mandaria fotos de Paris e quando eu vi, as fotos eram dele...nada pornográfico, mas a paisagem era o Rio de Janeiro. E aí que conversa vai e conversa vem e eu ficando de saco cheio. Aí ele me diz que a gente precisava tomar um café juntos porque ele era um ótimo partido, falava 6 idiomas, era bonito, interessante e morava na ponte aérea Paris/SP. Mandei passear na hora.

Gente convencida quero longe de mim. Au Revoir, francês chato.

8 comentários:

Claudia disse...

parece até italiano, rs.

Mônica Vidal disse...

Ahahahaha - chorei de rir.

Conheço uns tipos assim tb e nem são internacionais. Uma vez conheci um cara na balada que me falou assim:

_ Vc quer me beijar? mas se quiser tem que ser logo, porque tem outras querendo tb.

E tipo ele não estava brincando não, ele falava muito sério. Deus me livre viu...

Bjsssss

Paulinha disse...

HAHAHAHAH...
Homem metido não dá...
Não rola qdo o cara tem mais tesão por ele mesmo do que por mulher! Hahhahhah...
Ai, que mala!

Oficina Chic disse...

Fiquei com abuso desse francês, só de ler o que falou.. Credo, como tem gente que se acha nesse mundo!
Beijoca, Gabi

ciça disse...

vous êtes très intelligent, félicitations, mon cher.

Alê Crol disse...

E não, é Cherry?!
Cada mala... Mesmo que seja importada não deixa de ser uma mala...Risos!

Are disse...

Hilário esse Francês, né?! Hahaha

;)

Helena Pavan Guimarães disse...

Tem gente sem noção em qualquer parte do mundo ne???
Beijo
Helena