terça-feira, 31 de maio de 2011

Bons ventos trazem boas mudanças...

E aí que eu me toquei (antes tarde do que nunca) que preciso mudar um monte de coisas. Sair da casinha, cair na realidade e viver a vida de verdade. E isso inclui contas, pagamentos, compras de mercado e por aí vai...

Eu preciso mudar de apartamento. A dona pediu o que eu moro e já queria sair de lá mesmo e ir para a civilização. E isso inclui um aluguel maior. E contas maiores. Nada que não possa lidar, mas quero crescer de vez e andar sozinha. Devo isso a meus pais, que sempre me ajudaram. Principalmente o meu pai, que sempre (SEMPRE) me ajudou, mesmo nas minhas piores idiotices. E é isso o que eu vou fazer. Chega de bancar a filha desencanada, que só consulta saldo bancário quando a situação está pretíssima. Chega de querer comprar o mundo (e não comprar, mas mesmo assim querer) e ficar chateada porque não pode. Não pode, não pode e pronto. E a vida segue feliz mesmo assim.

Achei um apartamento legal. Lindo e pronto para morar. Não é barato, mas se eu me apertar (e me controlar) direitinho, posso pagar tudo sem precisar da ajuda de ninguém. Quero mostrar para o meu pai que eu posso. E quero poder isso. Não por orgulho, nem por teimosia, nem para provar para o meu pai que eu posso. Não. Quero que ele se orgulhe de mim por não precisar mais da ajuda dele (não sempre, pelo menos). Sei que ele ajuda, quando precisa, de coração. Mas prefiro que ele não precise... Quero que ele não precise.

Maaaas...cá entre nós...pai, se quiser me dar presentinhos...isso poooooooooooooooooode!! (brincadeira...foi só pra descontrair)

3 comentários:

Nai disse...

Muitas sorte nesses novos ares. É muito bom mostrar a nós mesmas que somos capazes!
Beijinhus
Nai

chella disse...

ae sis, gostei de ver

Wan disse...

Olá Tati, tudo bem?

Estou precisando me tocar faz tempo também... mas cad~e a coragem! Vou sempre adiando e continuo a viver na casa dos meus pais.

Mas, sinto vontade de ter vida própria e ser dona do meu próprio nariz completamente sabe!

Torcendo para que tudo dê certo pra vc e, se Deus quiser, logo chegará o meu "momento" também!

beijos!