terça-feira, 2 de agosto de 2011

Sem assunto...e com fome.

Estou cada dia mais sem assunto para o blog. Dado que sempre falei sobre mim aqui, acho que a minha vida deve estar bem paradinha,né?

Realmente...nada acontece. Estou com a casa nova e estou amando. Pela primeira vez na minha vida chega o fim de semana e eu NÃO tenho vontade de sair da minha casa. Estou gostando de arrumar tudo, de programar o que eu vou fazer de comida e por aí vai. Quase uma Amélia, a mulher de verdade.

Fato é que algo está fora do lugar. E eu sei disso porque estou comendo muito mais do que eu estava acostumada a comer e o resultado são dois quilos a mais na minha balança. Um saco. Odeio olhar pra baixo e ver uma barriguinha insistente e que é fruto de jantares ridículos que consistem em macarrão, alcachofras e saladas de pepino.

A minha ansiedade não tem origem. Não tenho a menor ideia. Preciso entender a origem disso tudo. Sei que não estou triste. Não mesmo. Mas falta algo que eu não sei. Tempo,talvez? Um amor? Mais dinheiro?

Não sei. O que eu sei é que se eu continuar assim, vou acabar a Dona Redonda...

3 comentários:

Gabi Rosa disse...

Ah Flor, relaxe um pouco... ñ dê confiança pra barriguinha ñ, mas tb ñ abuse, se ver q a situação tá piorando é fechar a boca e correr na frente do prejú! rs

Bjs Gabi

gabirosaflor.blogspot.com

Tati disse...

para de querer emagreceeeeeeeeeeeeeeer, vc vai sumir
mil beijos
Tati
www.phinerrima.blogspot.com

Nai disse...

Oi Tati,

Nem me fale eu sempre engordo nos invernos e odeio ver essa pancinha.

O meu problema é um marido guloso que só que saber de rodízios, churrascarias e ai já viu.

Logo mais começa a temporada de pouca roupa e eu preciso fechar a boca,rs.

Sabe que eu gosto de sentir essa inquietude? Sempre falta algo, e mesmo depois que conquisto o que desejo fico querendo desejar novas coisas, mal de ariana, que só vê a graça no caminho e não no destino.

Beijinhos
Nai