terça-feira, 20 de setembro de 2011

Vida que segue...pros outros

Aí que o pai da minha filha vai se casar. Em dezembro, no civil. Aquele mesmo. Aquele que não estava preparado para ser pai, mas foi. Aquele que não era maduro para ser adulto, mesmo com quase 30 anos. Aquele que foi seguir a conversa dos amigos e fez caca. Aquele cuja ambição é tão grande, mas a força de vontade é tão pequena que o impediu de crescer na vida. Aquele, minha gente. Ele vai casar.

E vocês vão me perguntar: tá com inveja da feliz noiva? Claro que não. O pai da Madu é passado na minha vida. Só não é passado e enterrado porque temos uma filha em comum. A inveja é dele mesmo. Inveja porque a vida dele segue sem maiores consequências. Inveja porque ele dorme até 10h da manhã no domingo e eu às 7h já estou assistindo televisão. Inveja porque ele sai quando quiser, bebe quando quiser, volta pra casa quando quiser. Inveja porque, ao contrário da minha, a vida dele seguiu sem grandes consequências. Inveja é feio? É, mas nesse caso não estou nem aí.

Claro que tem um monte de coisas nele que me fazem não querer trocar a minha insana vida de hoje pela dele. Eu trabalho numa agência enorme, minha chefe é uma pessoa maravilhosa e que gosta de mim, tenho clientes importante e que fazem do meu currículo muito mais valorizado. Não tenho inveja da família que ele tem. A minha, por mais problemas internos, é maravilhosa. Não trocaria a minha vida pela dele. FATO!

O difícil é ver uma pessoa que não tem metade da garra que eu tenho com uma vida andando, se casando. O difícil é ver que ele arrumou alguém. Não vou entrar no mérito da noiva dele porque não a conheço e tratando a minha filha bem é o que interessa. Se ele é bom pra ela ou não, eu não sei. Prefiro nem avaliar isso porque a imagem que eu tenho dele não é a mais positiva do mundo.

O post é só para desabafar mesmo. E tentar entender porque a vida dos outros segue assim...e a minha (amorosa, deixo claro) anda mais parada do que nunca....

14 comentários:

Nai disse...

É complicado, pai qualquer um é agora mãe...
A responsabilidade de tudo sempre acaba sobrando para nós.
Não esquente não que logo a sua hora chega, as vezes desejamos tanto uma coisa que elas corre de nós.
E quando não esperamos mais ela acontece.
Beijinhos
Nai Melo

Gabi Rosa disse...

Pois é Tati, tb me amorfinei com isso um dia.. Pensei "nossa, como aquele desmiolado encontrou uma mulher q me parece tão maravilhosa e ainda é apaixonada por ele?", mas dps parei pra pensar e notei algumas coisas...

Minha vida sentimental pouco andou, mas estou no emprego q sempre quis, montei meu cantinho, melhorei minha estima, estou bem feliz com as minhas conquistas e 2012 CASA PRÓPRIA! Ou seja, o terreno está sendo preparado pra qdo o amor chegar entende?

Vc está no msm caminho, daqui um tempo chegará nessa msm conclusão q eu, vc vai ver!

Bjs minha Linda!

gabirosaflor.blogspot.com

Mili Pavan disse...

Ah Tati, vc ainda vai encontrar um amor. Todo mundo acha a tampa da sua panela, tenho ctz que vc vai achar. É linda, simpática, batalhadora e uma mãe maravilhosa. Quem não quer uma pessoa como vc do lado??
HOMENS, abram os olhos em???!!
E vc amiga? Quem sabe não está procurando em lugar errado. Ou então acha que está aberta p/ um relacionamento mas na verdade não está. Pense nisso.
Beijos Mili
www.milipavan.blogspot.com

Cláudia Lemes disse...

Casar não significa nada, muito menos que ele vai ser feliz, e conhecendo a pessoa em questão Tati,só posso dizer: nem pense mais um minuto nisso..relaxa, migam.

Ivy disse...

E quem disse que a vida dele ta andando?Só porque está casando?(eu casei e a minha desandou), casamento não é sinônimo de felicidade Tati, mas vc só vai entender isso de verdade quando se casar.
Azar o dele que dorme até as 10h no domingo, está perdendo o melhor momento da Madu, dia desses ele vai sacar o quanto perdeu e ela já estará viajando linda, loira, conhecendo o mundo, trabalhando (e olhe lá se não estiver desfilando) e ele?Não vai poder dizer com orgulho que a pegou no colo espontaneamente e não a levou num parque pelo simples momento de estar com ele,
Sorte a sua de ser mãe, sorte a sua de morar com ela, sorte a dela de ser sua filha.
Você tem muita sorte querida, abra os olhos lindos que você tem, logo o amor chega e aí o tempo será dividido elntre ele e Madu, ou seja, aproveite agora esse tempinho só dela.
P.s quem não foi bom pai, nunca será bom marido!

Renata disse...

Te entendo e não vou fazer aqui qualquer sermão sobre inveja, amadurecimento, casamento. Admiro tua coragem em expor tal sentimento, sensação. Hoje em dia é complicado mostrar fraqueza. São todos politicamente corretos, perfeitinhos. Boa sorte na caminhada!

Carlos Medeiros disse...

Mesmo não querendo o (a) outro (a) de volta, é chato mesmo saber que o outro vai casar.

Natalia Nadais disse...

Tati, eu acho que nesta hora o que vc deve colocar na balança, uma vida amorosa, um casamento, não é tudo na vida de uma pessoa. Claro que não é bom ficar sozinha, mais queria ser vc a "sortuda" noiva que vai casar com o pai da Madu?? Eu acho que não....
Você vê o quanto de vantagens você tem na sua vida... Você é realizada profissionalmente, tem sua casa, carrega toda a responsabilidade da vida da Madu pra vc e a unica coisa que ele tem é um casamento...
Quando realmente vc conheceu ele, não foi quando foram morar no mesmo teto... as vezes ela esta casando sem ao menos conhecer ele direito, ou só se ele tenha mudado da agua pro vinho pois fora isso não é uma boa pessoa nem para ser amigo.
Acho que você deve agradecer por tudo que tem... e pode ter certeza que toda panela tem sua tampa... a sua pode estar perdida só te procurando....

Cós de Minas disse...

Não te conheço, tão pouco tenho direito de achar alguma coisa....Entendo o que você está sentindo, mas tudo na vida tem a hora certa de acontecer....o seu dia chegará!

Anônimo disse...

Esta é a minha primeira vez que eu visitar aqui . Eu encontrei tantas coisas interessantes no seu blog especialmente a discussão sua . Das toneladas de comentários em seus artigos , acho que não sou o único a ter todo o prazer aqui! manter o bom trabalho .

Anônimo disse...

Nossa moça como vc tá amarga...repense seus valores e agradeça a Deus a filha que tem, muitas mulheres gostariam de ter uma e não tem. Veja a vida pelo lado bom...espero que sua filha nunca leia esse blog...

Paulinha disse...

Tati,

Vc diz que está com inveja, mas fala da boca pra fora... OLha bem pra Madu, pra tudo que ela transformou na sua vida, pro impacto (positivo) que ela causou em você como pessoa e pensa: você gostaria de ser alguém que recebeu todos esses presentes da vida e não se sentiu tocado? E continuou vivendo como se nada tivesse acontecido?

Casamento não quer dizer nada. E ainda que o dele queira dizer que a vida dele está bem, isso não significa que a sua não esteja.

Pense bem se vc queria ter passado todos esses anos diante de um milagre sem ter notado... acho que não!

Tati, a sortuda é vc! Nem ele, nem a noiva...
bjs

Flavia disse...

Amei seu post! Adoro como vc fala as coisas que pensa!
Não sei como é sua vida direito para dar opiniões, mas lembro de me queixar do mesmo marasmo na minha vida e meu irmão disse: Fla, não adianta ficar lutando contra, as vezes as coisas não rolam mesmo. Precisa dar um tempo que logo isso muda. (E mudou mesmo, não tão logo, mas mudou!!!).
Outra coisa, se joga! Sai bastante, frequente grupos de amigos! Certeza que vai aparecer alguém pq vc é linda e pelo que mostra aqui inteligente e interessante!
Boa sorte!
Beijos

Bia Bom Dia disse...

Flor, ele pode fazer o que quiser mas pense a maior recompensa é sua, SUA FILHA ai todos os dias agarradinha com você !! Isso não tem preço ..

Beijinhooooooooos,
www.abiabomdia.blogspot.com