quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

O fim...e o começo

Não, não é o fim do blog. É o fim, definitivo, de um capítulo dele. O capítulo que começou esse blog. O capítulo Mr.Right. (sons de aleluia para uns e de "ahhhhhhhhh" para outros) Aí vocês me perguntam (ou não): por quê?

Porque hoje, no meio dos meus e-mails de Feliz Natal, eu recebo esse:


Desculpe ter te deletado do Skype e espero de coração que você entenda.
Desculpa também qualquer mal que eu possa ter causado, até mesmo sem querer.

Abraços.

O remetente é ele mesmo, Mr.Right. Aí eu fui olhar no meu Skype, pra ver se era mesmo aquilo e não vi mais o nome dele na minha lista de contatos. E não estava lá. Não mais. E aí eu realmente percebi que foi o fim. Não o fim que não é fim. O fim mesmo. O último laço foi cortado, se é que poderia chamar aquilo de laço. 

E desse e-mail dele vieram mais uns dois ou três que trocamos, com uma Tatiana querendo entender e um Mr.Right de desculpando. Terminei meu último e-mail dizendo que eu não me arrependia do que vivemos e esperava que ele também não se arrependesse. Ele não respondeu.

Então, minha gente, por mais que doa no fundo da minha alma (e, desculpem, mas dói, preciso admitir), esse capítulo da minha vida acabou. Passou mesmo e dessa vez passou de verdade. Acho que no fim foi bom...foi o fim que eu precisava e que eu sabia que era necessário, mas que eu não tinha coragem de correr atrás.

E foi bom até. Porque pra gente viver um novo começo, precisa ter tido um fim. E por mais que eu já tivesse tido esse fim, eu não tive. Ou eu pensava que não tinha tido. Hoje eu tive. Hoje, dia 15 de dezembro, eu acabei de vez com essa história. Hoje foi o dia do corte do cordão umbilical.

Se eu me arrependo de tudo? Não. Não me arrependo de nada. Não me arrependo de um segundo sequer do que eu vivi (ainda que eu me xingue muito por tudo isso, é verdade). E sou grata por ter vivido uma história tão linda e tão intensa. Mas...histórias lindas e intensas não necessariamente precisam de um "feliz pra sempre...". Eu tive um "feliz enquanto durou".

Hoje, no mesmo dia que eu coloco ponto final do capítulo "Mr.Right", eu decidi que estou começando a escrever um capítulo novo,com todo o amor que eu sei que mereço ter (de amigos, da filha, da família, do mundo). E nesse capítulo, quem é a autora sou eu.

Porque eu sou dona da história da minha vida. E ponto final.

8 comentários:

Oficina Chic disse...

Amiga, que esse seja o começo para uma nova história.. Um fim é dolorido, mais uma hora ele chega, e temos que encarar de cabeça erguida. Eu não tenho dúvidas de que você merece algo bem melhor, alguém que te ame de verdade!
Beijos, Gabi

Fernanda disse...

Tati que bom, espero que você se mantenha firme, pode ser que em uma crise ele te procure novamente, não adianta acharmos que apagamos as coisas ou esquecemos, as histórias não terminam elas simplismente se transformam, mas ele tem a coragem de te "excluir" quando acha necessário, então se por acaso, um dia ele queira aproximação... POR FAVOR ... lembre desse post e de tudo aquilo que vc sentiu lendo o email e dê prioridade para sua paz, afaste enroscos, confusão, gente com problema, homem sem carater é isso que ele é e foi com vc e com ela esse tempo todo

Tati disse...

Amiga, já te falei mil vezes isso e vou repetir: vc é tudo de bom e merece ser feliz! Sim, é uma página virada na sua vida e talvez precisasse disso para virar a página, fechar o livro e enfiar na prateleira, só! Ficar lá guardado, não quer dizer que vc vá esquecer, pois disso tudo vc tirou várias lições, né? Mas não precisa mais desse livro. Começe a escrever um novo!
beijinhos
Tati
www.phinerrima.blogspot.com

Vall disse...

Tati, siga em frente sempre de cabeça erguida e com a auto-estima lá no alto. Pois você é linda, fabulosa e não está perdendo nada, quem perdeu foi ele.
Beijos e felicidades
Tem sorteio no meu blog participa
http://esquentandooclima.blogspot.com/2011/12/sorteio-de-ano-novo-participem.html

Anônimo disse...

Até que enfim. Agora você vai ver como um novo caminho aparecerá. Não tenha medo de percorrê-lo.

Wanessa disse...

Amiga Tati,

Eu sei que dói... e espero que realmente seja o fim deste capitulo. O importante é "viver" como diz o Roberto Carlos: se chorei ou se sorri o importante são as emoções que eu vivi!

E fica a experiência.........

Beijos!

Anônimo disse...

Engraçado, eu tb fiz isso, ADEUS, mr. Rigth, eu tinha lhe ofercido minha amizade, esperando que se tornasse algo mais, mass... não foi como eu pensava, deseja e queria..demorou alguns meses...pensando, pensando... e decidi agora às vesperas de Natal que deveria dizer ADEUS e seguir em frente...exclui de minha conta...e!!! que alívio...acho q só eu senti isso, pq só eu q tinha esperanças...Mr, rigth a muito que já tinha me dado Adeus. Vai começar o Ano Novo, coração aberto, mente aberta e acredito muitas alegrias estão por vir, rsrrs, sigo meu caminho, tranquila, serena, em paz e de bem comigo. Bjs, Rose

Letras Saltitando disse...

Finalmente!!!!
Adorei essa nova fase, novo ciclo, fechar as portas, enfim.... pois logo logo, 2012 tá chegando.

feliz ano novo, bjos