segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Dilemas ou bipolaridade...

Eu ainda não decidi se são as mulheres as complicadas ou se são os homens. Talvez os dois. Mas é fato que não somos tão simples quanto imaginamos.

Esses dias eu estava conversando com uma amiga e ela me disse, sabiamente: Você não sabe o que quer da vida...se o cara não te manda mensagem, você reclama dizendo que ele não se manifestou; se ele manda mensagem, você diz que ele está pegando no seu pé direto.

E o pior de tudo é que ela tem razão. Eu sou assim mesmo!!! Na verdade, acho que procuro um equilíbrio que não sei se existe. Não gosto de ninguém pegando no meu pé e me bombardeando de mensagens o dia inteiro. Acho que isso cansa. A gente não sente falta da pessoa e, pior, acaba não tendo conversa porque,né, como é que você vai ter novidade se a pessoa falou com você o dia inteiro?? Por outro lado, também acho horrível quando o cara não te procura. Parece falta de interesse (talvez seja mesmo falta de interesse) e deixa a gente querendo arrancar a calcinha pela cabeça louca pensando se a pessoa está bem, se não está, se está viva...

Enfim...é tudo tão contraditório que chega a ser meio maluco na minha cabeça. Acabo pensando se no fim das contas a maluca sou eu ou se é o mundo mesmo que está meio doido.

Estou vivendo um novo começo. Nada que ainda possa explicar ou escrever por aqui. E acho que a minha contradição e até um pouco de autosabotagem está acontecendo, sabem? Medo de ser feliz? Medo de acabar mal de novo? Medo de ter medo?

Não sei...ainda estou tentando ME entender. E vocês sabem que cada vez que isso acontece, acabo sentando e escrevendo aqui...nosso canto de discussão semi particular.

Espero que, no meio dessa loucura, alguém consiga me entender... Será?

Nenhum comentário: