quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Quantas pessoas se separam em um término?

Hoje foi meu dia de foras na internet. Descobri, por acaso, que deixei um recado de "feliz dia dos professores" para um casal de professores meus (ex-professores, na verdade) no Facebook da mulher e...ela (aparentemente) se separou dele e já está namorando outra pessoa. Claro que eu fiz questão de mencionar o casal no meu recadinho...

Aí, vendo a página de uma amiga, (até então) namorada do irmão de duas amigas, vi uma frase filosófica. Resultado? O casal terminou o namoro e eu, bocuda, perguntei: Ué, terminaram? E ela: Há quatro meses. Mais uma gafe virtual para a minha coleção. E, depois do meu fora, comecei a conversar com a menina, que é uma graça. E foi aí que pensei:

Quando a gente termina um relacionamento, quantas pessoas deixamos para trás? E mais, será que quando nos separamos do cara (ou da mulher), a gente necessariamente precisa se separar da família?

Não sei. Eu terminei meu namoro com o pai da minha filha e até hoje me relaciono com a mãe dele. Mas isso é porque tem uma criança no meio. Será que se não fosse isso, cada um teria seguido o seu caminho e tchau? Não concordo. A gente se apega às pessoas, convive um tempo, vira parte da família. E aí, de um dia pro outro, tchau? Estranho,né?

Minha mãe, por exemplo, foi casada por aaaaaaanos com uma pessoa e hoje ela é divorciada. Na época que eles começaram a namorar eu tinha 2,3 anos de idade. No divórcio eu tinha 15. E desde então (hoje tenho 29...bota ano que passou aí...) eu continuo sendo recebida como parte da família, minha filha chama meu (ex?) padrasto de vovô e convivo com a família dele tanto quanto eu convivo com a família do meu pai. E acho isso muito bacana. Quem se separou foi a minha mãe e meu padrasto e não a família do casal.

Queria que o mundo tivesse uma cabeça mais aberta para isso...para entender que o término de um relacionamento cabe apenas para o casal e não para o mundo agregado. Porque doi muito perder pessoas bacanas porque o casal não deu certo....

O que acham?

2 comentários:

Wan disse...

Tati, eu concordo com vc e já perdi muitas pessoas queridas devido aos meus "términos"...

Eu também gostaria que o mundo tivesse uma cabeça mais aberta... mas, infelizmente a sociedade não evoluiu a esse ponto ainda... muita coisa não é aceita, ou valorizada, ou parece que "tanto faz"....

Beijos!

Natália disse...

Ah Tati, eu concordo com vc! É mesmo uma pena que todos os laços se rompam com o término de um namoro.
Mas tem gente que não consegue, simplesmente!

Eu mantenho contato com 2 ex...Acho saudável e não vejo motivo para cortar 100%. Tenho ainda tb, contato com as mães principalmente. Mas eu respeito muito quando eles estão namorando..Não tem isso de visita..Mas vira e meche tento marcar um almocinho no Shopping por exemplo, que é um ambiente neutro.

Hoje eu tento adiar ao máximo conhecer os pais de alguém, exatamente pelo laço invisível que se cria...Cada vez mais os namoros duram menos..Acho um desperdício de energia e sentimento.

Beijos
http://coisademenina-nat.blogspot.com/